Floria Sigismondi

floria_sigismondi six inches diptych

sigismondi_01 sigismondi_04

Sigismondi é uma artista multi-disciplinar que engloba campos como vídeo, fotografia e escultura. Ela criou imagens hiper-surrealistas baseadas em figuras e imagens derivadas de estados de sonho alucinatórios.

Seus stills de vídeos se misturam sem costura com suas séries de fotografias e que sãp traduzidas para uma forma mista de escultura. Poéticas e macabras, nas imagens de Sigismondi convivem influências que variam desde Hans Belmer, francis Bacon, David Lynch e Mitologia Grega. Ela também explora os efeitos da ciência sobre o corpo humano.

“Estou interessada em como a idéia de beleza pode mudar se você tem qualquer coisa à disposição, e isso é possível. também estou interessada em desconstruir o corpo. E depois que você tenha o tornado em pedaços, o próximo passo é criar um novo.”

Seu trabalho traz vida à criaturas novas e imaginárias as quais se destinam a levar a imaginação dos expectadores. Elas são baseadas em uma visão analítica do avanço da biotecnologia, e como isso pode afetar a forma humana. Mesmo que seja indefinido o futura traga, este pensamento certamente é amedrontador, complexo, misteriose e atraente. E tudo isso provoca Sigismondi a criar a beleza de uma forma diferente pela desconstrução e construção.

Suas fotografias estão inclusas em exposições com Cindy Sherman, Rebecca Horn, Vanessa Beecroft, Tony Oursler, Donald Lipski, Roberto Clemente, and Joel-Peter Witkin.

Leia entrevista com Floria Sigismondi por Adriana de Barros na revista SCENE360.