Andres Serrano

“No meu trabalho, busco sempre o incomum, o que tradicionalmente não é considerado belo. No meu trabalho tento encontrar p nprmal no estranho, e vice-versa”

 










Serrano ficou famoso pelo escândalo provocado por uma exposição financiada com dinheiro público em 1989 onde expôs seu trabalho “Piss Christ” de 1987.  Suas fotografias revelam sua facinação pelos símbolos religiosos, corpo e sexualidade. Os aspectos artísticos de tirar o fôlego, a luminosidade, cor, estilização barroca se dão por meio dos materiais que fotografa, entre eles, a urina, o sangue e o esperma. Usando ícones de tradição religiosa ele faz referência ao racismo, à morte, ao sexo, enfim, aos tabus sociais. Agora em seu mais recente trabalho, ele fotografa excremento.
Site artista
Piss Christ
Artnet