Annie Kevans

Considerada um dos novos talentos britânicos, Annie Kevans ficou conhecida por pintar tiranos do século 20, ditadores e criminosos de guerra, como Adolf Hitler e Pol Pot e Radovan Karadzic quando crianças.
Ela também discute a sexualização da infância em sua série Girls e em 2010 começou uma série de trabalhos intitulada "Colaboradores". As obras foca como as histórias pessoais são reescritas e esquecidas. 
Kevans pintou Coco Chanel, que era um colaboradora nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Depois da guerra, Chanel foi forçada a fugir da França e viver no exílio por dez anos. Quando Kevans exibiu o trabalho em Paris foi criticada por várias pessoas franceses que estavam completamente inconsciente do passado real da Chanel.